Objectivos

O Melanoma cutâneo é o tumor maligno que tem registado o maior  aumento de incidência e mortalidade na última década, envolvendo  um nº relevante de pessoas em idade de vida ativa. 

Constitui por isso um grave problema de saúde pública, exigindo uma estratégia nacional de intervenção  mais eficaz. 

Assim surgiu o IPM, que tem como objectivos principais:

    • Conhecer e unir todos os profissionais que se dedicam à  investigação, diagnóstico  e tratamento do melanoma em Portugal, rentabilizando os recursos humanos especializados nesta área
    • Conhecer os dados epidemiológicos nacionais de melanoma
    • Uniformizar critérios de diagnóstico e tratamento a nível nacional, o que permitirá racionalizar e rentabilizar também  os métodos de diagnóstico e tratamento, tornando-os acessíveis a todos os doentes, em todo o país
    • Investigação básica e clínica: estudos, ensaios clínicos de âmbito nacional com novos fármacos
    • Desenvolver atividades de Formação / Educação para a saúde para diferentes grupos profissionais e sociedade civil
    • Promover a interligação com outros grupos internacionais que trabalham na área do melanoma